7.12.10

O SEGREDO DA BARBA PERFEITA

Na rotina diária de acordar cedo, tomar café e se preparar para o trabalho, o simples ato de fazer a barba parece apenas mais uma tarefa, aparentemente simples, muitas vezes rápida, mas que requer uma série de cuidados. O universo masculino deve estar atento ao que deve ser feito antes, durante e depois do barbear, tudo em prol de uma pele perfeita.


A maioria dos homens se barbeia de quatro a cinco vezes por semana. Sete em dez usam algum tipo de sabonete, creme ou gel para a pele. Apenas um em cinco usam um produto pós-barba para condicionar a pele após o processo. Muitos tentam obter um barbear mais rente empregando forte pressão que resulta em irritação da pele e cortes. Os cientistas da P&G (Procter and Gamble) desenvolveram a pesquisa do manual da barba perfeita, que tem como base o uso de gel e espuma, elementos que não irritam a pele e facilitam o procedimento:

Passo 1: Preparação da pele
- Limpar a pele e hidratar os pelos faciais antes de barbear-se pode ajudar a minimizar o risco de irritação da pele. Pelo seco é difícil de cortar; na verdade, ele pode ter a mesma força de um fio de cobre de espessura semelhante. Quando o pelo está úmido, ele dilata e torna-se mais fácil de cortar.

Como preparar a pele

- Use sabonete líquido facial ou esponja vegetal suaves – mesmo que apenas por 30 segundos – para ajudar a remover a oleosidade, sujeira, transpiração e dejetos que se formam em torno dos folículos do pelo e que dificultam a penetração de água;
- Aplique géis e espuma de barbear com lubrificantes adicionais para melhorar o desempenho da lâmina na pele da face e do pescoço. Esses géis e espuma foram testados rigorosamente e foram criados para ajudar as lâminas de barbear a transpor a superfície da pele, reduzindo a fricção e facilitando o corte dos pelos em diferentes posições e ângulos mesmo em uma única passada da lâmina.
Diferentemente de sabonete comum e água, a pesquisa mostra que o gel de barbear:
- Mantém a pele e a barba hidratadas e macias durante o barbear, pois reduz a evaporação da água;
- Melhora o deslizar da lâmina (até 35% a mais com os géis mais novos que possuem uma camada protetora antifricção);
- Permite que a lâmina corte rente à pele com menos força;
- Não obstrui as lâminas da mesma forma que o sabonete.

Passo 2. O barbear.
- Dar passadas delicadas e escolher lâminas de barbear de alta qualidade, resultado de avanços científicos e extensivos testes clínicos e com pacientes, podem melhorar significativamente a experiência de barbear;

- Verifique a lâmina para certificar-se de que ela não perdeu o corte. Enxágue a lâmina após cada barbear para impedir o acúmulo de pelos e gel de barbear nos seus fios e no cartucho.



Passo 3. Reidrate a pele.

- Ao barbearem-se, os homens podem, inadvertidamente, remover as células do estrato córneo assim como os hidratantes naturais. Se essa barreira de umidade não for restaurada, a pele pode ficar seca, esticada e irritada;

- O uso de hidratante pós-barba gera conforto e maciez à pele, mantém a barreira protetora e prepara o local de forma adequada para o próximo barbear. Hidratantes diários que contêm glicerina ou outros emolientes hidratantes reduzem a secura da pele e melhoram a proteção.

Paulo Fraga
Material enviado pela Tino - Projetos em Comunicação.

3 COMENTARIOS:

E quando usamos barbeador elétrico, que não permite o uso de creme de barbear? existe algum preparo indicado para a pele antes de usar?
Acho que só faltou falar sobre um pano quente e úmido (que é só molhar e por no microondas) no rosto para abrir os poros antes de se barbear, de resto, muito bom!
Caro jefss quanto ao uso de barbeadores elétricos realmente a coisa complica. Acho que melhor conselho seria fazer exatamento o que o Fer K. falou, usar um pano úmido quente para abrir os poros e facilitar o corte e hidratar bastante a pele antes e depois do feito!

Postar um comentário